Estudar online já é possível para todos 0 97

Entenda como funciona e do que você precisa para participar de um webinar, seminários e conferências realizados em tempo real via Internet.

Quem sempre teve que ir na sala de aula para estudar, deve achar meio estranho, mas hoje com o avanço da tecnologia, já é possível montar salas de aulas virtuais e dar aulas. Vamos contar isso nessa matéria de hoje.

Hoje muitos dos trabalhos disponíveis no mercado, exigem conhecimentos médios ou avançados, nas áreas tecnológicas ou qualquer outro setor que exija conhecimentos técnicos. E como tudo se renova e muda, é preciso acompanhar essa mudança, na área de educar para formar um profissional, também está passando por esse processo. Falamos de salas virtuais para dar aulas à alunos que estão ou podem estar a milhas de quilômetros, tudo pela internet. Como isto é possível? Com os webinars!

Android Fans webinar-android-fans Estudar online já é possível para todos webminar estudar online cursos

O que são os webinars?

Webinar, é termo usado para nomear conferências, reuniões ou seminários realizados pela Internet, através de plataformas específicas de comunicação em tempo real, com vídeo e áudio, para transmitir palestras, discussões, apresentações e aulas para um público específico ─ que pode ser privado ou aberto.

O termo webinars, é composto por duas palavras, que são Web e Seminar. Traduzindo seminar do inglês para o português, temos “seminário” ─ sinónimo de tutorial ─ e web, vocês já devem saber que é um conjunto de páginas da rede.

Os webinars, seminários ou tutoriais online, são ferramentas de aprendizagem e formação, que não só se focam nos conteúdos tecnológicos, como também possibilitam a criação e formação em qualquer âmbito profissional. Milhares de empresas, já usam como instrumento de aprendizagem para os seus trabalhadores, ou mesmo, para formar novos profissionais para o mercado de trabalho.

Como os webinars, possibilita integrar diversos tipos de conteúdo (texto, vídeo, áudio, atividades interativas, etc), num único espaço virtual, faz com que as empresas poupem tempo e recursos humanos no processo de atualização dos conhecimentos. Antes, era necessário fazer uso de formadores humanos, em espaços físicos (salas de aulas com professor e alunos), com os webinars, tudo que é preciso, é um dispositivo ligado à internet ─ PC, tablet, câmeras, smartphone ─ para transmitir ou visualizar os conteúdos e, completar as atividades propostas pelos instrutores.

Android Fans webinar-android-fans-2 Estudar online já é possível para todos webminar estudar online cursos

Muitas empresas criam webinars, por exemplo, para explicar aos funcionários ou mesmo clientes, tudo sobre os seus produtos e como utilizá-los. Outras, formam salas virtuais para elaborar projetos, realizar conferências etc. O fato é, que o termo Webminar, está cada vez mais presente no cotidiano educativo, e os ganhos são muitos, desde economia de tempo, gastos, à facilidade e acessibilidade.

Recursos de um webinar

No universo webinar, há diferentes opções que respondem a diferentes situações e necessidades dos utilizadores. Tem as opções simples, onde a pessoa faz uso de um celular, tablete ou computador, e conecta por meio da internet em plataformas online, como YouTube, Facebook, Hangout etc.  E também as opções mais avançadas, com software profissional, que permitem integrar os conteúdos originais em distintos formatos e, formar salas virtuais mais completas. Neste último, empresas criam sites profissionais, especializado, para realizar diversos tipos de webminars, desde simples palestra online à formação profissional completa, da pessoa.

Dentre os recursos oferecidos estão o download do conteúdo transmitido, gravação enquanto assiste aos vídeos, compartilhamento nas redes sociais, visualização de links enviados pelo apresentador e convite via e-mail ─ inclusive com lembrete do horário de início das apresentações.

Android Fans gui Estudar online já é possível para todos webminar estudar online cursos

Fanático por leitura e, louco por games e tecnologia. Técnico em informática, Web Designer. Atualmente estudo PHP/Java/Desenvolvimento para Android/Windows e Linux. Sempre me fascinei pelo mundo dos smartphones e plataformas de entretenimento.

Cometários

android-fans

iPhones podem ter o sensor de impressão digital de volta 0 110

Android Fans bgr-iphone-x-notch-wallpaper iPhones podem ter o sensor de impressão digital de volta touch id sensor digital iphone x com sensor digital iphone apple

A Apple pode ter encontrado uma maneira de trazer os sensores de impressões digitais de volta para todos os iPhones

Sempre que a Apple lança um novo iPhone, fica aquela apreensão, será que vão botar isso, tirar aquilo?  No entanto, quem segue todos os rumores no mundo da tecnologia, sabe que a maçã mordida, gosta de aprontar com seus milhões de utilizadores.

Nesse período que vamos entrar a partir do próximo mês, começam a enxurrada de rumores sobre os dispositivos da Apple, pois é nesse período que a empresa Norte Americana junto com o SEO, Tim Cook e companhia, decidem mudar algumas coisinhas básicas ─ como remover a entrada de áudio de 3.5mm ─ para tocar o pânico Internet fora!

Foi mais ou menos nesse período do ano passado, que conhecemos o iPhone X, a versão de comemoração dos 10 anos do iPhone da maçã. As muitas mudanças foram até positivas, como o design arrojado e bonito, a construção em aço é apelativa e robusta e, uma nova tela OLED era tudo aquilo que faltava nos dispositivos da Apple.

Mas o que causou o pânico geral… foi remoção do Touch ID e a implementação do Face ID. A Apple decidiu livrar-se do botão principal, e assim o sensor de impressão digital em vez de ir para a traseira, desapareceu completamente. O que deixou muito fãs da marca um pouco em choque e preocupados.

O Touch ID era conhecido na indústria como o ‘Standard’ dos sensores de impressão digital, A Apple não foi a primeira a implementar este método de autenticação, mas a sua solução era bem acima da concorrência.

Especulava-se que a Apple estava tentando uma forma implementar um sensor de impressão digital na tela, em paralelo com o Face ID. Porém, nada feito e, o iPhone X chegou ao mercado sem um dos seus “divisor de águas”.

Já sabemos que todos os modelos de 2018 irão virão com o Face ID em detrimento do Face ID. Por isso, a tecnologia irá aparentemente morrer com o iPhone 8. O que rumores apontam agora, é que a Apple continua a desenvolver uma solução que pode permitir voltar o Touch ID, e na tela do aparelho sem a necessidade do botão home.

Android Fans apple-Touch-ID-de-volta iPhones podem ter o sensor de impressão digital de volta touch id sensor digital iphone x com sensor digital iphone apple   Segundo o pessoal do site “Patently Apple”, a empresa desenvolveu uma nova tecnologia, que irá permitir adicionar capacidades de leitura de impressão digital, a aparelhos sem a necessidade do uso de um botão “Home”.

A notícia não é lá essas novidades toda, visto que várias fabricantes lançaram aparelhos com sensores de impressão digital óticos na tela de seus dispositivos.

A ideia da Apple, é bastante similar aos sensores já disponíveis atualmente no mercado. A tática baseia-se na utilização de câmeras debaixo de uma camada da tela, capazes de capturar uma imagem 3D da impressão digital do utilizador.

Como já sabemos que a Apple, assim como qualquer outra empresa de tecnologia, cria e patenteia várias técnicas que nunca serão lançadas, de já adiantamos, que isto talvez nem se concretize, ou, sim. Vamos esperar mais notícias.

Fonte: Patently Apple

Android Fans gui iPhones podem ter o sensor de impressão digital de volta touch id sensor digital iphone x com sensor digital iphone apple

Fanático por leitura e, louco por games e tecnologia. Técnico em informática, Web Designer. Atualmente estudo PHP/Java/Desenvolvimento para Android/Windows e Linux. Sempre me fascinei pelo mundo dos smartphones e plataformas de entretenimento.

Tópicos mais populares

Escolhas do editor

%d blogueiros gostam disto: