Android P: Bateria adaptativa 0 34

Android Fans  Android P: Bateria adaptativa Inteligência artificial Bateria adaptativa android oreo

Tecnologia em Inteligência artificial promete reduzir em até 30% o consumo das baterias.

Ainda nem foi lançado para todos os usuários, a versão do Android Oreo, e a Google já começou a lançar o Android P para testes com usuários. A nova versão do sistema da Google, o Android P (9), terá muitas novidades, e uma delas é a forma de calibrar o consumo da bateria do celular.

A Google vai usar inteligência artificial, para mapear os hábitos de uso do usuário, para interpretar o uso do aparelho, no dia a dia. O recurso chamado de bateria adaptativa, buscará segundo o Google, detectar apps que são menos abertos e características de uso que podem levar a ganhos de eficiência da ordem de 30%, na bateria.

A tecnologia irá mapear os hábitos de uso do celular. A partir daí, listará quais são os aplicativos que o usuário menos usa, ou, quais mais usa em determinados tempos.

Segundo Dave Burke, chefe de engenharia do Android, a ferramenta “vai aprender quais apps você vai usar nas próximas horas e quais você vai usar depois”. Com esse relatório, a inteligência artificial irá mostrar, quais aplicativos podem ser desligados sem causar prejuízo para a experiência de uso.

Exemplo: se você usa pouco o Facebook, a bateria adaptativa vai congelar o app, para que ele não fique rodando em segundo plano. Deste modo, o aplicativo não sobrecarregará o sistema, diminuindo assim, o consumo de energia.

Exemplo 2: suponhamos que você use o Instagram com mais frequência das 13:00 às 17:30, e, a noite só das 22:00 até 01:00 da madrugada. Nos demais intervalos, você não tem tempo para ver as publicações. A inteligência artificial do Android P irá entender que, no período de 01:01min da madrugada até 12:59 da tarde e, de 17:31 à 21:59, você não usa o aplicativo, e desligará o app do Instagram nesses horários, para preservar a bateria.

A Google diz que a tecnologia da bateria adaptativa, poderá economizar até 30% da carga, na redução das constantes intervenções de apps que “acordam” o processador frequentemente para rodar atividades em segundo plano.

Controlar o brilho da tela com Inteligência artificial

O Google divulgou o brilho adaptativo durante o Google I/O. A ideia é que, a inteligência artificial, possa aprender quais são os horários e situações em que você precisa de mais brilho na tela. Quando isto acontecer, o smartphone irá se ajustar automaticamente a intensidade da iluminação do display.

Cometários

android-fans

Tópicos mais populares

Escolhas do editor

%d blogueiros gostam disto: