Google diz que coleta alguns dados dos aparelhos com Android, mas descarta sem sincronizar

Android Fans google Google diz que coleta alguns dados dos aparelhos com Android, mas descarta sem sincronizar privacidade Google diz que coleta alguns dados android

A coleta de dados funciona mesmo se o aparelho for restaurado para as configurações de fábrica e tiver os serviços de localização desativados.

Em muitos sites mundo à fora, alertam uma investigação revelou que os dispositivos Android violam o direito à privacidade, coletam e enviam dados de localização para o Google mesmo quando o recurso está desativado.

Conforme o que diz o site  9to5Google, a empresa confirmou que tem feito isso desde o início de 2017 e que deve terminar a prática no final deste ano. “No entanto, nunca incorporamos o ID da célula no nosso sistema de sincronização de rede, de modo que os dados foram imediatamente descartados, e nós o atualizamos para não solicitar o ID da célula”.

O porta-voz disse que a empresa agora está tomando medidas para encerrar a prática depois de ter sido contatada pela responsável pela descoberta, a Quartz Media. Mesmo que o Google não utilizasse os dados, especialistas de segurança dizem que a coleta sem permissão é potencialmente arriscada. Embora os dados enviados ao Google sejam criptografados, eles poderiam ser enviados para um terceiro, caso o telefone tivesse sido comprometido com spyware ou outros métodos maliciosos de hackers ou crackers.

 A coleta de dados funciona mesmo se o aparelho for restaurado para as configurações de fábrica e tiver os serviços de localização desativados, não seria nem mesmo necessário inserir um chip de operadora. Pois, a localização é registrada sempre que o smartphone entra no alcance de uma nova antena de celular ou simplesmente está conectado à uma rede WiFi.  Um porta-voz da Google explicou que a empresa capta sinais de localização dos aparelhos a partir de um cruzamento de informações das torres de sinal telefônico que identificam os equipamentos.

Previous ArticleNext Article

Cometários

android-fans

Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi

Android Fans operacao-dourado Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi receptação oi internet claro

Ação da polícia, visa investigar e prender suspeitos de receptação de materiais das operadoras Oi e Claro, com os suspeitos, foram apreendido cerca de três milhões de reais em equipamentos

Foram presos no estado do Maranhão, suspeitos de receptações de materiais furtados das operadoras de telecomunicação, Oi e Claro. A operação da Polícia Civil, cumpriu 27 mandados de busca e apreensão,  um mandado de prisão contra o acusado Linderson Dourado Alves, cusado de ser o cabeça de um esquema de exploração clandestina de internet e, 12 conduções coercitivas.

Android Fans Linderson-Dourado-Alves-é-considerado-pela-polícia-como-o-líder-de-um-esquema-de-fornecimento-ilegal-de-internet Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi receptação oi internet claro   A polícia apreendeu diversos equipamentos como placas DSLAM Huawei (R$ 10.000,00), armários (suítes), modem, cabos de fibra ótica, GBICS ou conversor de interface (transceptor óptico interno usado em switches nas conexões de cabeamento estruturado, R$15 mil a R$30 mil reais), roteadores Voip, placa Voip, antenas, bateria de gel estacionaria.

O delegado Paulo Roberto da DDSD responsável pela ação, ponderou, que os alvos eram sites instalados em subestações clandestinas, montados com equipamentos furtados e/ou receptados da operadora Oi, Claro e outras.

Foram cumpridas ordem de busca e apreensão também na sede da OI e nas casas de funcionários. De acordo o delegado Paulo Roberto, a “simples instalação dos equipamentos furtados e instalados nos sites clandestinos, não é possível a distribuição do sinal de internet, para isso é necessário o acesso ao link através de senhas randômicas, que só podem ser fornecidas por operadores da própria concessionaria, no caso a Oi”.

Na operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em 25 municípios, além da região metropolitana de São Luís, São José de Ribamar, e em outras Regiões do Médio Mearim e Baixada Maranhense.

Operação Dourado na região Alto Turi

A polícia seguiu em ação na região do Alto Turi, ainda no estado do Maranhão, nas cidades de Governador Nunes Freire, Maranhãozinho e Nova Olinda do Maranhão, com um mandado de busca e apreensão, expedido pela Juíza da 1ª Vara Criminal de São José de Ribamar, Tereza Cristina de Carvalho Pereira Mendes. Nesta fase, foram apreendidos em caráter de flagrante, os suspeitos Frankiley Sá e Widson Junior da Silva Carvalho. Todos os suspeitos e materiais apreendidos, foram apresentados na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), do Maranhão.

Android Fans operacao-dourado-2-1 Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi receptação oi internet claro   A operação envolveu 27 delegados, 70 investigadores, escrivães, peritos criminais e técnicos em telefonia. Ao todo, na operação dourado, resultou na apreensão de cerca de três milhões em equipamentos recuperados, 12 conduzidos coercitivamente, 04 prisões em flagrante delito e ainda o cumprimento de um mandado de prisão.

Fonte: Cidade de Verdade e SSP Maranhão

Tópicos mais populares

Escolhas do editor

%d blogueiros gostam disto: