Estes são os celulares famosos que mais emitem radiação

Android Fans smartphone Estes são os celulares famosos que mais emitem radiação

Os efeitos ainda não estão claros para a ciência, mas há indícios de que possam ser cancerígenos.

Há muito tempo os possíveis efeitos cancerígenos causados pelas ondas de radiofrequência emitidas por celulares provocam debate pelo mundo todo, e muitas perguntas e respostas surgem, mas até aqui nada provada e nem desmitificados.

As perguntas que mais são citadas nas conferências mundo à fora, são: Corremos o risco de desenvolver câncer por usar o celular? Como evitar isso sem se desfazer do aparelho?

Há décadas os cientistas estudam esse fenômeno, e publicaram estudos que até agora não parecem chegar a uma conclusão exata.

O que se sabe é que as ondas de radiofrequência são uma forma de radiação não ionizante, menos potente do que a radiação ionizante, e que se desprende dos raios X ou ultravioleta.

Segundo uma publicação no site da Sociedade Americana Contra o Câncer (ACS), a maior “preocupação é se os smartphones poderiam aumentar o risco de desenvolverem tumores no cérebro ou na região da cabeça e pescoço”.

Segundo a associação, não está claro que as ondas emitidas por celulares “não são intensas o suficiente para danificar diretamente o DNA ou aquecer os tecidos do corpo”, também afirma que “não está claro como os celulares poderiam causar câncer”, mas que há estudos que dão indícios nesse sentido – mesmo que ainda não exista evidências suficientes para comprovar o fato.

Devido as tantas perguntas, foram feitas muitas análises, para identificar quais modelos de celulares emitem mais ou menos radiação. Para isto, foi criada uma medida conhecida como Taxa de Absorção Específica (SAR, sigla em inglês), que nos permite saber que parte dessa radiação é retida pelo tecido humano, e com base nisto, listar quais aparelhos emitem mais desse tipo de radiação.

Primeiramente é importante notar que, cada aparelho tem um nível SAR – que corresponde ao seu uso em sua potência máxima -, e os fabricantes devem informar aos órgãos reguladores de cada país qual é o SAR de seus produtos à serem vendidos.

Segundo a Agência Federal Alemã de Proteção à Radiação, que desenvolveu uma base de dados com os celulares (novos e antigos) que mais geram ondas de radiofrequência, estes aparelhos abaixo, são os que os smartphones famosos que mais emitem radiação.

Os aparelhos das marcas chinesas (OnePlus e Huawei), e o Lumia 630 da Nokia, ocupam as primeiras posições. Ainda na lista, estão o iPhone 7 (em décimo lugar), o iPhone 8 (12º lugar) e o iPhone 7 Plus (15º), além do Sony Xperia XZ1 Compact (11º), o ZTE Axon 7 mini (13º) e o Blackberry DTEK60 (14º).

Segundo a agência, não há diretrizes universais para um nível “seguro” de radiação telefônica, mas o órgão de proteção ao meio ambiente na Alemanha, o Der Blaue Engel, aprova telefones com um nível de absorção de até 0,60 watts por kg.

Esses telefones na lista emitida pela instituição alemã, ultrapassam o dobro desse limite (o OnePlus 5T, no topo do ranking, tem 1,68).

Os telefones citados logo abaixo, são os que menos emitem radiação.

O primeiro na lista é o Sony Xperia M5 (0,14), depois o Samsung Galaxy Note 8 (0,17) e S6 edge+ (0,22), Google Pixel XL (0,25) e Samsung Galaxy S8 (0,26) e S7 edge (0,26).

Alguns aparelhos da Motorola (Moto G5 plus e Moto Z) também estão entre os que emitem menos radiações do mercado, de acordo com a instituição alemã.

Para você verificar a quantidade de radiação que o seu celular emite, pode verificar o manual do seu modelo, o site do fabricante ou o site da Comissão Federal de Comunicação dos Estados Unidos (FFC, sigla em inglês).

Previous ArticleNext Article

Cometários

android-fans

Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi

Android Fans operacao-dourado Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi receptação oi internet claro

Ação da polícia, visa investigar e prender suspeitos de receptação de materiais das operadoras Oi e Claro, com os suspeitos, foram apreendido cerca de três milhões de reais em equipamentos

Foram presos no estado do Maranhão, suspeitos de receptações de materiais furtados das operadoras de telecomunicação, Oi e Claro. A operação da Polícia Civil, cumpriu 27 mandados de busca e apreensão,  um mandado de prisão contra o acusado Linderson Dourado Alves, cusado de ser o cabeça de um esquema de exploração clandestina de internet e, 12 conduções coercitivas.

Android Fans Linderson-Dourado-Alves-é-considerado-pela-polícia-como-o-líder-de-um-esquema-de-fornecimento-ilegal-de-internet Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi receptação oi internet claro   A polícia apreendeu diversos equipamentos como placas DSLAM Huawei (R$ 10.000,00), armários (suítes), modem, cabos de fibra ótica, GBICS ou conversor de interface (transceptor óptico interno usado em switches nas conexões de cabeamento estruturado, R$15 mil a R$30 mil reais), roteadores Voip, placa Voip, antenas, bateria de gel estacionaria.

O delegado Paulo Roberto da DDSD responsável pela ação, ponderou, que os alvos eram sites instalados em subestações clandestinas, montados com equipamentos furtados e/ou receptados da operadora Oi, Claro e outras.

Foram cumpridas ordem de busca e apreensão também na sede da OI e nas casas de funcionários. De acordo o delegado Paulo Roberto, a “simples instalação dos equipamentos furtados e instalados nos sites clandestinos, não é possível a distribuição do sinal de internet, para isso é necessário o acesso ao link através de senhas randômicas, que só podem ser fornecidas por operadores da própria concessionaria, no caso a Oi”.

Na operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em 25 municípios, além da região metropolitana de São Luís, São José de Ribamar, e em outras Regiões do Médio Mearim e Baixada Maranhense.

Operação Dourado na região Alto Turi

A polícia seguiu em ação na região do Alto Turi, ainda no estado do Maranhão, nas cidades de Governador Nunes Freire, Maranhãozinho e Nova Olinda do Maranhão, com um mandado de busca e apreensão, expedido pela Juíza da 1ª Vara Criminal de São José de Ribamar, Tereza Cristina de Carvalho Pereira Mendes. Nesta fase, foram apreendidos em caráter de flagrante, os suspeitos Frankiley Sá e Widson Junior da Silva Carvalho. Todos os suspeitos e materiais apreendidos, foram apresentados na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), do Maranhão.

Android Fans operacao-dourado-2-1 Operação Dourado: Polícia civil do Maranhão prende suspeitos de furtar materiais da operadora Oi receptação oi internet claro   A operação envolveu 27 delegados, 70 investigadores, escrivães, peritos criminais e técnicos em telefonia. Ao todo, na operação dourado, resultou na apreensão de cerca de três milhões em equipamentos recuperados, 12 conduzidos coercitivamente, 04 prisões em flagrante delito e ainda o cumprimento de um mandado de prisão.

Fonte: Cidade de Verdade e SSP Maranhão

Tópicos mais populares

Escolhas do editor

%d blogueiros gostam disto: