Files Go: o app de gerenciamento da Google já pode ser baixado 0 307

O app usa tecnologia voltada para liberar espaço em dispositivos móveis, localizar arquivos mais rapidamente e compartilhá-los.

A ferramenta promete ajudar a economizar até 1 GB de memória e compartilhar arquivos com outras pessoas com ultra velocidade.

Após passar algum tempo sob testes, a versão beta do aplicativo Files Go, finalmente  foi liberado a versão oficial para o público geral. A ferramenta   ajuda a organizar e gerenciar os arquivos de forma mais inteligente nos dispositivos com Android.

Segundo os desenvolvedores, o app usa tecnologia voltada para liberar espaço em dispositivos móveis, localizar arquivos mais rapidamente e compartilha-los com facilidade com outras pessoas que tiverem o app instalado.

Nos testes, os usuários relatam que economizaram até 1 GB de espaço e compartilharam arquivos com outras pessoas offline. A  ferramenta permite compartilhar arquivos, transferindo diretamente do seu smartphone para o smartphone de um amigo próximo via Wi-Fi.

O Files Go, é um arquivo bem pequeno, ocupando apenas 6MB de espaço possui as seguintes tarefas:

  • Liberar espaço: o usuário receberá sugestões personalizadas sobre quais arquivos excluir, apps não usados, arquivos grandes, arquivos duplicados ou vídeo em baixa qualidade detectados usando a tecnologia Mobile Vision do Google;
  • Localizar arquivos: os filtros inteligentes que organizam automaticamente suas imagens, vídeos, apps, documentos e etc, facilitando ainda mais a vida dos donos de dispositivos Android;
  • Fazer backup: você poderá salvar um arquivo no Google Drive ou em qualquer outro app de armazenamento na nuvem.
  • Compartilhe arquivos offline: citado anteriormente, você pode transferir ​diretamente ​do ​seu ​smartphone ​para ​o smartphone ​de ​um ​amigo ​que ​estiver ​por ​perto, ​via wifi. ​As transferências ​são ​criptografadas, ​rápidas ​a uma velocidade de até ​125 ​Mbps.

O aplicativo já está disponível mundialmente na Google Play Store para smartphones com Android 5.0 (Lollipop) ou versão mais recente.

Android Fans gui Files Go: o app de gerenciamento da Google já pode ser baixado Google Drive Files Go app de gerenciamento da Google

Fanático por leitura e, louco por games e tecnologia. Técnico em informática, Web Designer. Atualmente estudo PHP/Java/Desenvolvimento para Android/Windows e Linux. Sempre me fascinei pelo mundo dos smartphones e plataformas de entretenimento.

Cometários

android-fans

Snapchat: príncipe saudita compra de 2,3% do app 0 1259

Al-Waleed, comprou as ações do Snapchat em torno de US$11 cada, bem abaixo das cotações de US$ 13,10 fechadas antes dos lucros da empresa começarem fluir

O príncipe saudita, Al-Waleed, investiu US$ 250 milhões na Snap Inc. para ajudar a sobreviver do aplicativo de mensagens. O próprio principe Al-Waleed Talal, twittou  um vídeo dele e do CEO da Snap, Evan Spiegel, informando sobre o montante de US$ 250 milhões em troca de uma participação de 2,3% na Snap Inc. O investimento levanta questões sobre o que os sauditas farão na direção do Snapchat.

A imprensa especula que Al-Waleed, comprou as ações em torno de US$11 cada, bem abaixo das cotações de US$ 13,10 fechadas antes dos lucros serem liberados. Com base nesses valores, significa que ele comprou em uma avaliação em torno de US$ 14 bilhões.

Os mandatários do Snap se recusaram a comentar as notícias a respeito das vendas de ações para o príncipe. Mas depois de uma queda inicial de 11%, depois que os lucros foram anunciados, as ações da Snap subiram para pouco menos que o preço de fechamento, à medida que o usuário encolheu, o investimento saudita naufragou.

O príncipe Al-Waleed Talal, já se juntou ao setor de tecnologia dos EUA, investindo no Lyft e no Twitter. Em outros lugares, ele recentemente fez investimentos no serviço europeu de streaming de música Deezer, bem como no gigante chinês de comércio eletrônico JD.com. Anteriormente, ele possuía ações da News Corp. e do Citigroup.

O dinheiro extra ajudará o Snapchat a se manter firme e dará mais tempo para estabilizar seus negócios. Com a sua contagem diária de usuários agora diminuindo, ele terá que encontrar maneiras criativas de extrair mais dinheiro daqueles que restam para manter o crescimento da receita. Isso pode levar tempo, e a Arábia Saudita acabou de dar mais uma mãozinha.

Fonte: TechCrunch
Veja também:

A faixa de 700 MHz foi liberada para 4G em todas as capitais do Brasil

Facebook é um dos principais navegadores móveis dos EUA

App espião do WhatsApp

Android Fans gui Snapchat: príncipe saudita compra de 2,3% do app Snapchat príncipe saudita Al-Waleed

Fanático por leitura e, louco por games e tecnologia. Técnico em informática, Web Designer. Atualmente estudo PHP/Java/Desenvolvimento para Android/Windows e Linux. Sempre me fascinei pelo mundo dos smartphones e plataformas de entretenimento.

Tópicos mais populares

Escolhas do editor

%d blogueiros gostam disto: